Histórico

A prática do remo no Estado de Santa Catarina iniciou-se no ano de 1861, quando pequenos barcos faziam o transporte de cargas e pessoas do continente para a ilha de Santa Catarina, sendo influenciadas pelas atividades desportivas de alunos da Escola de Aprendizes de Marinheiros. A primeira competição ocorreu em 17 de novembro de 1861, com a programação de cinco páreos de escaleres e um de baleeira.

Várias tentativas foram realizadas na época para que em Florianópolis fossem organizadas sociedades recreativas que cultivassem o salutar esporte do remo. Coube, então, ao desportista Sr. José Gil a iniciativa da fundação de um Centro Náutico em Santa Catarina.

No início a acolhida da idéia não foi o esperado. A falta de colaboração dos poderes públicos e o pouco entusiasmo pela mocidade florianopolitana para o remo, arrefeou o entusiasmo do desportista. Entretanto, em março de 1915, o Sr. José Pedro Gil, acompanhados pelos senhores Álvaro Schmidt Caldeira e Civaldo Leon Sales, conseguiu despertar outros desportistas para o seu projeto, o Capitão de Fragata Samuel Pinheiro Guimarães no comando da Escola de Aprendizes de Marinheiro e o Senhor Artur Lopes Caiado, Comandante do navio ANA, foram outros que se manifestaram favoráveis.

Uma prévia foi realizada no dia 25 de março, em uma das salas do Hotel Macedo à rua Conselheiro Mafra, quando o projeto passou a se materializar. Em 11 de junho de 1915, nova reunião e o Clube Náutico Riachuelo surgia no cenário do desporto catarinense e nacional. Seu nome foi originário da data em que se comemorava a Batalha do Riachuelo

CLUBE NÁUTICO RIACHUELO

FUNDADO EM 11 DE JUNHO DE 1.915

Na sessão compareceram os desportista José Gil, Álvaro Schmidt Caldeira, Osvaldo Leon Sales, Capitão de Fragata Samuel Pinheiro Guimarães, Comandante do navio “Ana” Artur Lopes Caiado, Reinaldo Moellmann, José Leite de Macedo, Osvaldo Moellmann, José  Vitor Garcia, José Moellmann, Mário Simões Lopes, Batista Pereira, Augusto Livramento, Edmundo Simone, Celso Fusto de Souza, Jaime Linhares, Lauro Carneiro, Amantino Câmara, Roberto Wendausen, Roberto Schleip, Alfredo Timm, Oscar Tonding, Dorval Moellmann e Emilio Meyer.

Nesta mesma reunião, foi aclamada e empossada a primeira Diretoria:
Presidente: Cap. de Fragata Samuel Pinheiro Guimarães
Vice-Presidente: Comandante Artur Lopes Calado
1º Secretário: José Gil
2º Secretário: Álvaro Schimidt Caldeira
1º Tesoureiro: Lauro Carneiro
2º tesoureiro: Osvaldo Moellmann
Diretor de Regatas: Oscar Tonding

Em  9 de janeiro de 1916, o Clube inaugurava no bairro Rita Maria sua sede, com a construção de um pequeno galpão, adquirindo seus primeiros barcos “yoles” que foram denominadas de “Jutai” e “Jurua”

Estava definitivamente dado o início do desporto náutico em Santa Catarina.
A primeira competição oficial se deu no dia 21 de abril de 1918, na baia norte desta capital, que o Riachuelo competiu pela primeira vez de forma oficial contra o seu único competidor de então, o valoroso Clube Náutico Francisco Martinelle , que obteve a sua primeira vitória ao vencer  o principal páreo denominado “Honra Govêrno do Estado” com a seguinte guarnição: Daniel Guedes, Alberto Muller, Carlos Galluf e Fioravante Chiriguini, sendo patroada pelo Sr. Alfredo Muller.

Até o ano de 1935, o clube foi só de vitórias. Sua soberania nos campeonatos que disputava, definia mais adeptos as suas cores. Representou Santa Catarina no Campeonato Nacional realizado no Estado da Bahia, quando trouxe para Santa Catarina o titulo de Campeão Brasileiro no páreo de out-riggers à 4 remos com timoneiro, formado pelos atletas Aurélio Sabino, Joaquim Oliveira, Octavio Aguiar, Orlando Cunha, tendo como timoneiro Décio Couto.

Com esta vitória, coube o direito de representar o Brasil nos XI Jogos Olímpicos que foram realizados em Berlim, capital da Alemanha, no período de 01 a 16 de agosto de 1936.

Desnecessário afirmar, que o Clube Náutico Riachuelo, fundado no dia 11 de junho de 1915, declarado de Utilidade Pública pela Lei Estadual nº 2701 de 25 de maio de 1961, já representou e representa em termos de glorias e conquistas nacionais e internacionais, nestes 98 anos de existência, elevando sobremaneira o esporte catarinense e brasileiro, inclusive, sendo o primeiro clube de Santa Catarina a participar de uma Olimpíada.

Comments are closed.